quarta-feira, 29 de agosto de 2007

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DETECTA ESCLEROSE MÚLTIPLA PROGRESSIVA

Investigadores americanos identificaram uma anormalidade associada à esclerose múltipla (EM) através de imagens obtidas por ressonância magnética, revela um estudo publicado na revista Radiology. Neste trabalho estiveram envolvidos 145 pacientes com EM (92 Remissiva e 49 Secundariamente Progressiva). Ao determinarem a relação entre a frequência e a localização das lesões Hiperintensas e a progressão da doença, os cientistas identificaram 340 lesões em 123 doentes, sendo que a maioria foi detectada em pacientes com EM Secundariamente Progressiva. Com esta descoberta, os médicos poderão diagnosticar a doença de forma mais exacta e identificar pacientes em risco de a desenvolver.

noticia da tribuna medica

4 comentários:

e.u_m.esmo disse...

Olá Ruca,aqui está uma informação útil,para evitar situações de stress e depressões nos Portadores e familiares.Será que o meu Médico já sabe?Vou ter que falar com ele.
Um abraço,
Carlos

e.u_m.esmo disse...

Viva Ruca,aqui está uma informação útil,para que haja menos stress e
menos depressão nos portadores e familia.
Será que o meu Médico já sabe?,terei que falar com ele.
Um abraço,
Carlos

Escondida em mim disse...

Olá Ruca,
Há muito tempo que não falamos. A Luisa falou-me deste blog aqui há tempos, mas ainda não tinha o visto com olhos de ver.
Está aqui um belo trabalho. Aqui até parece que me sinto em casa. Aqui, todos nós que temos EM, sentimos de uma forma diferente o que por aqui vai sendo escrito.
Bem haja pelo vosso trabalho.
Vou voltar mais vezes.

Um beijo a todos

Jacinta

loisa disse...

É sempre bom ouvir notícias relativamente à EM progressiva/secundária, pois é sempre tão difícil distinguir as diferentes caras da doença. Esperemos que isto se traduza no futuro em melhores tratamento para quem tiver esta forma de EM.
Carlos: é sempre bom falar sobre estas coisas com os médicos. Felizmente estamos tão avançados quanto o resto do mundo no que diz respeito ao diagnóstico/tratamento da doença.
Jacinta: que alegria te ler!! volta cá casa mais vezes! :)