terça-feira, 14 de abril de 2009

Mensagem da Dra. Maria Cavaco Silva

a propósito da celebração do
primeiro Dia Mundial da Esclerose Múltipla
( 27 de Maio de 2009 )


É raro que alguém, actualmente, não esteja envolvido pessoalmente, através de amigos ou familiares, no grave problema da Esclerose Múltipla ou qualquer outra forma de esclerose. Eu não sou excepção.

Todas elas são incapacitantes, mas preservam as capacidades intelectuais e afectivas das pessoas atingidas. Este factor, por um lado, pode agravar-lhes o sofrimento por se sentirem aprisionadas num corpo que não controlam, por outro, dá-lhes uma capacidade de luta que toda a sociedade tem obrigação de aproveitar e motivar.

A população atingida pela Esclerose Múltipla é jovem e maioritariamente feminina. Todos entendemos o que isto significa a nível de perdas para os próprios doentes, para as suas famílias, para o país.

Há muito ainda a fazer nos cuidados necessários que temos de proporcionar às pessoas afectadas e a todos os que lhe são próximos, para que possam enfrentar da melhor maneira possível esta doença rara muito difícil.

Tenho a certeza que o primeiro Dia Mundial de Esclerose Múltipla vai alertar mais a sociedade para esta e outras escleroses que tanto sofrimento causam a tantas pessoas em Portugal e no Mundo.


Maria Cavaco Silva

6 comentários:

Belinha disse...

Sra Dr, muito obrigada pela sua mensagem de apoio e esperança.
Por vezes estamos tao fragilizados e precisamos de ser acarinhados com palavras tao doces.
Bela

Inoca disse...

Desde que existe o Gang da EM k sempre senti orgulho em pertencer a este grupo, mas nunca este orgulho foi tão grande como agora!
É incrível que, ao sermos apenas um grupo informal consigamos estes apoios de gente tão activa na nossa sociedade!
O Gang da EM foi quem me ajudou a ultrapassar muitas questões deixadas em aberto na altura do meu diagnóstico, foi aki k encontri alguns dos meus melhores amigos, é aki k eu kero dar o meu contributo... para o k der e vier!
Obrigado por fazerem parte da minha vida! Obrigado por descobrirem que, afinal, existem pessoas na sociedade portuguesa que se interessam por nós!!!

loisa disse...

Que palavras lindas, maninhas Bela e Inoca.

Quando se abre o coração, é para sempre.

Obrigada Dra. Maria Cavaco Silva pelas palavras tão próximas de nós. Obrigada Gang da EM. Sou o que sou hoje por cada um dos seus membros. Há gratidão suficiente no mundo para agradecer a saúde e felicidadade que hoje tenho graças a todos vocês? Espero que sim! Força a todos, somos uns corajosos de primeira! Vamos continuar!

denny disse...

Resido no Brasil, sempre acompanhando o blog, gostaria de agradeçer a primeira-dama pela clareza no seu testemunho sobre EM.

Eu considero muito importante sabermos que existem pessoas que sabem o quanto é dificil essa doença, nos compreendem e respeitam e principalmente se engajam em lutas para melhorias de qualidade de vida entre nós portadores..
É de governantes preocupados em respeitar e preservar nossos direitos que necessitamos, e também do Amor e Compreensão dos Amigos e Familiares.
Parabéns!
Abraços!

loisa disse...

Obrigada Denny pela tua visita e palavras tão encorajadoras.

Volta sempre! Beijinhos Luísa

Anabela Rosado disse...

Bom...O que posso dizer aqui?
Claro que quero agradecer esta mensagem tão importante... DrªMaria Cavaco obrigado pela sua mensagem que nos transmite tanta ternura, tanto carinho, para nós são dois de muitos outros ingredientes que fazem parte da nossa vida para batalharmos dia após dia... Como eu costumo dizer: Eu vivo um dia de cada vez e o resto logo se vê!!!
A EM não escolhe sexo, idade, profissão, cor, ect...
Mas nós sim podemos escolher sermos felizes, viver a vida aproveitando cada minuto, cada segundo com muita intensidade. Com esta doença aprendi a dizer "Amo-te", aprendi a dar mais valor a coisas que para mim antigamente não passavam de coisas banais... Aprendi que todos nós temos uma enorme e fantástica força interior para ultrapassarmos as etapas ruins... Aprendi a dar mais valor às coisas boas, aos sorrisos, aos abraços, aos beijos, aos olhares... Aprendi a amar a vida de verdade... Aprendi a amar a familia e os amigos...
E a maior parte de tudo isto que eu ganhei sabem com quem foi?
Foi com este maravilhoso grupo, o nosso "GANG da EM"... Vocês ensinaram-me tanto, resgataram-me as dúvidas, as angústias, as tristezas a desmotivação para a vida e como que magia ofereceram-me carinho, conhecimento, segurança, ternura, amizade... Mostraram-me que é possivel ser-se feliz mesmo com EM... É possivel termos uma vida normal. Constituimos familia; estudamos; rimos; cantamos; choramos;saltamos; dançamos;trabalhamos; votamos; pagamos impostos, tudo isto só que com mais uma coisa que as outras pessoas não têm que é a "magana" da EM...
E além de fazermos tudo o que as outras pessoas fazem, nós ainda temos que passar algumas rasteiras e aprendermos a ser matreiros com a EM... Nunca alimentá-la... Ela adora alimentar-se de medos, stresses, fadiga...
Bom foi o um desabafo incluido num enorme obrigado à Drª Cavaco...
Parece-me que escrevi muito, mas vou-vos ser sincera também me parece que não disse nada de nada... Enfim...eheheheh
beijocas ternurentas desta vossa sempre amiga,
Anabela Rosado