terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Inquérito sobre o emprego e a Esclerose Múltipla

A reforma antecipada é o principal factor de custo no impacto económico da EM. A MSIF (Federação Internacional de Esclerose Múltipla) está a realizar um estudo para averiguar o impacto da EM no emprego. Caso tenhas EM ou conheças alguém que a tenha, preenche este inquérito que não te irá tomar mais de 5 minutos do teu tempo:

http://www.surveymonkey.com/s/LKFPRBT

Ao preencheres estarás a ajudar a fazer um levantamento do impacto da nossa doença não só no emprego dos portadores da doença, mas também dos nossos familiares e cuidadores. Vamos contribuir para mais e melhor informação sobre... nós!

Nota: o inquérito tem várias páginas, no final de cada uma tem um botão que diz NEXT onde tens de carregar, mesmo que para tal tenhas de descer a página. Obrigada pela tua colaboração a preencher e a divulgar.


13 comentários:

Lucky disse...

Done ! Fundamental contribuirmos todos para melhorar a informação que existe sobre a EM. Este tipo de instrumentos ajudam a mobilizar outros para a nossa causa de forma séria e credível.

Parabéns Gang !

loisa disse...

Obrigada, Lucky. É esse o espírito!

Anónimo disse...

Já preenchi o questionário também. Vamos lá pessoal, é por nós que são feitos estes estudos.

beijinhos a todos.
Dora

Manela disse...

Já preenchi!
Vamos lá, vamos dar a n/ colaboração. Para já, não é o meu caso, mas como todos sabemos, temos muitos colegas a precisar deste possível "empurrãozinho"

Pocahontas disse...

Done!!

Rangel disse...

Olá, Já tinha preenchido.... ando muito á frente.... eh eh eh
bjs

ruca disse...

olá,acho bem ocupar as pessoas com a nossa patologia porque não somos invalidos,o estado é que nos faz invalidos.

Paulo disse...

Muito importante mostrarmos que apesar de todas as limitações continuamos empenhados em proseguir com aom a nossa vida. O simples facto de nos sentir-mos diminuidos aumenta em muito o nosso empenho e faz com que o resultado do nosso trabalho seja superior ao comum.

Paulo

Secretaria Municipal de Cultura disse...

Ja dei a minha contribuição, nós portadores, necessitamos de mais atenção e cuidado, obrigada pela oportunidade, abraços

loisa disse...

Dá para sentir pelos comentários que aqui temos, que este assunto é mesmo essencial para nós!

mariadanazare disse...

Olá!!! Muito obrigada pela chamada de atenção para este inquérito porque, a pesar de o efeito não ser imediato,será útil para avaliar a situação do esforço dos portadores de EM e dos seus familiares na gestão do dia a dia que, muitas vezes, não é facil. Embora a doença da minha querida filha não tenha progredido desde o seu diagnóstico,em 2002, ambas sabemos que a qualquer altura a situação se poderá alterar e que, por isso, não podemos desarmar e devemos continuar a trabalhar para um futuro melhor. Muitos beijinhos e "may the force be with you"

loisa disse...

Boas novas, pessoal!

6000 pessoas já responderam a este inquérito sobre o emprego na EM! Estamos de parabéns!

Não sabemos quantos portugueses terão respondido, mas com certeza faremos boa figura com a nossa participação em massa :)

Vamos continuar a espalhar a mensagem!

Cristina disse...

Olá Pessoal,
Também já respondi ao inquérito, esperamos que muitos mais o façam.
Obrigada
~Cristina